Gratidão pela vida

O chamado Lúcifer tem um pecado terrível dentro do seu estojo de maldade, a ingratidão na eternidade. Esse pecado foi o que ele lançou como veneno no cerne do jardim do Éden. O pecado dele se torna um item impregnado na humanidade. A ingratidão toma conta do primeiro casal no jardim divino. Eles não souberam ser gratos ao Eterno pelo presente do cuidado no jardim e foram seduzidos a querer mais do que tinham, eles quiseram ser iguais a Deus e caíram feio. E não é que esse veneno tem se espalhado entre nós? Quantas vezes não sabemos ter gratidão pela vida, pela saúde, pela família e pelo cuidado divino em nossa vida? (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas