Ser mulher é uma arte

Selecionei uma parte do meu livro para expressar um pouco dessa arte divina chamada mulher. "A mulher tem senso intuitivo, tem um espírito de atender as necessidades dos outros por causa do próprio instinto feminino. Ela não se preocupa muito em mostrar ou provar sua competência. Demonstrar que ela precisa de ajuda não é sinal de fraqueza, é simplesmente demonstrar que é humana. Um homem se sente constrangido em pedir ajudar e em reconhecer a fraqueza, a mulher não. Ela diz quem é movida muito pela sua emoção e assim mostra sua personalidade através do choro, dos gritos, dos desejos e das frustrações. Ela é absolutamente genuína na expressão dos sentimentos. Ela não tem medo de dizer quem é e nem o que sente. Ser mulher é uma arte toda especial. Ele é mãe, esposa, amiga, parceira e completa o homem tornando-se um com ele. Feliz dia internacional da mulher! (Livro: Um jeito doce de viver com seu cônjuge).

Comentários

Postagens mais visitadas