Novos caminhos

É preciso estar aberto para novos caminhos. A rigidez da tradição e a segurança do caminho conhecido impedem-nos de nos deixar conduzir pelo Espírito Santo a novas descobertas e experiências de comunhão com Deus através da oração. Para chegar à terra prometida, há um caminho no deserto. Muitas vezes estamos inquietos e inconformados com a mediocridade de nossa vida, mas permanecemos paralisados no deserto, com saudades do Egito e com medo dos gigantes da Terra Prometida (Teresa de Ávila. Vida de oração. Editado por James M. Houston. Brasília-DF: Palavra, 2007, p.24).

Comentários

Postagens mais visitadas