Conhecimento de nós mesmos


Lendo Leila Navarro, Talento à prova de crise, vi algumas ideias bem interessantes sobre nosso autoconhecimento. Ela diz que somos frutos do que pensamos, sabemos, sentimos e fazemos. Concordo numa perspectiva calvinista de olhar para nós mesmos e quanto mais nos conhecemos, também conhecemos ao Eterno Deus. Então temos a grande eficácia de nos reavaliar, refletir sobre nós mesmos e a dinâmica do divino dentro de nós. Quanto mais nos conhecemos, tanto percebemos como Deus é dentro de nós. Ele é o cuidador, o orientador do nosso coração. Quando o conhecemos, olhamos para nós mesmos e percebemos que somos pecadores redimidos pela graça e bondade dele. Percebemos que todo nosso talento, propósito como criação dele, missão e crescimento na vida, veem da provisão divina. Quanto mais conhecimento de nós mesmos, mais percebemos quão benignamente o Eterno Deus continua derramando sua graça para conosco. Isso é bom demais!

_______________
Alcindo Almeida - Equipe pastoral da IP Alphaville.

Comentários

Postagens mais visitadas