Quietude


Está tranqüilo. Tudo o que se ouve são os sons do silêncio. Às vezes, o silêncio traz uma sensação de alívio, até de um descanso de qualquer coisa que tenha ocupado sua mente nos últimos dias ou mesmo semanas. Para muitos, a quietude é um visitante bem-vindo. Para outros, significa enfrentar a dor que tão impetuosamente tentam evitar. Atividades são usadas como anestésicos para amenizar a dor que nos invade como uma companhia que não foi convidada.
A quietude usa muitas vozes para falar conosco. Ela pode ter a voz da culpa, questionando-nos por aquilo que deixamos de fazer ou fizemos, mas que gostaríamos não fosse assim. Em seguida, sentimos o espírito sendo fustigado por vozes que nos acusam.
A quietude também tem uma voz que traz à mente uma descrição vívida da pessoa que não mais faz parte da nossa vida. Esse pensamento inunda o coração, o que gera uma cascata de lágrimas. Talvez essa seja a razão por que muitos preenchem os dias com tantas atividades e pessoas — pois alivia a dor. O que a maioria das pessoas deseja dos momentos de paz? Deseja ouvir a voz do consolo. Qualquer um que esteja ferido, lutando com a tristeza, sofrendo e tentando vencer as seqüelas de uma perda está à procura de consolo. Você está assim?
Consolo — uma simples palavra de sete letras e inúmeros significados. Pode significar auxílio reforçado, conforto em tempo de angústia ou aflição, um sentimento de alívio ou encorajamento, ou alívio do sofrimento ou da angústia. Essa é sua situação? É de alívio que você precisa neste exato momento? Você precisa ser encorajado de alguma forma? Qual é a dor em sua vida que você gostaria de ver cessar neste momento? É provável que seu desejo neste momento seja contar com a companhia do consolo. Talvez você seja um daqueles que se perguntam se é possível ter algum consolo.
Você não está sozinho. Quando a devastação da vida veio sobre Jó, tirando-lhe os filhos e grande parte do que possuía, ele disse: "Ando de luto, sem consolo". O salmista clamou a Deus: "Quando me consolarás?".
O consolo virá, quem sabe, quando e onde menos se espera. Agarre-se ao conhecimento desse fato — talvez seja preciso que sua mente convença seu coração de que as coisas são assim. O sofrimento não durará para sempre. Pode parecer o contrário, mas, por fim, ele desaparecerá.
A Palavra de Deus será uma de suas fontes de consolo, assim como será o toque, a palavra ou a oração de outras pessoas. O salmista disse: "Este é o meu consolo no meu sofrimento: A tua promessa dá-me vida" (Sl 119:50). "Então as moças dançarão de alegria, como também os jovens e os velhos. Transformarei o lamento deles em júbilo; eu lhes darei consolo e alegria em vez de tristeza" (Jr 31:13). "Vocês se entristecerão, mas a tristeza de vocês se transformará em alegria" (Jo 16:20).
Lembre-se destas palavras e faça esta oração várias vezes hoje: Deus, eu preciso do teu consolo e o desejo. Dá-me coragem e traze à minha vida outras pessoas que andem ao meu lado para me sustentar. Obrigado por ouvires a minha oração e por responderes. Em nome de Jesus, amém.

____________
Extraído do livro: Palavras de consolo para momentos de dor de H. Norman Wright.

Comentários

Postagens mais visitadas