A nossa singularidade

Como cristãos, nunca somos tanto nosso verdadeiro eu quanto quando estamos “em” Cristo Jesus. Nesse estado, nossa singularidade pessoal é apreendida na realidade do amor de Deus por nós, e somente então a vida cristã torna-se comunitária. Quanto maior nossa segurança em Cristo, mais decididos estaremos a fazer o que a verdade nos chama a fazer. Nossa singularidade e crescimento em santidade andam juntos. (James Houston).

Comentários

Postagens mais visitadas