Uma vida abençoada em Deus - Gênesis 12.2


A fé não se baseia em sentimentos, apesar de, sem duvida, as emoções fazerem parte da experiência de fé em certas ocasiões (Hb 11.7). A verdadeira fé baseia-se na Palavra de Deus (Rm 10.17). Deus falou a Abraão e disse o que faria para ele e por meio dele, se ele confiasse e obedecesse. A aliança de Deus concedeu-lhe a fé e as forças que precisavam para uma vida toda de peregrinação. Foi Deus que na sua graça deu sua aliança a Abraão, e ele respondeu com fé e obediência. Deus disse para Abraão: Farei de você uma grande nação e o abençoarei. Tornarei você famoso; você será uma bênção.
Deus prometeu mostrar- lhe uma terra, fazer dele uma grande nação e usar essa nação para abençoar o mundo. Deus nos abençoa para que sejamos bênçãos para outros e sua grande preocupação é que obedeçamos ao chamado de ser bênção para as pessoas. Somos abençoados para que sejamos uma bênção para todos ao nosso redor. A palavra bênção no hebraico (barach) possui alguns termos derivativos, como: berech (ajoelhar); b’rekah (tanque ou reservatório). Esta raiz da palavra abençoar ocorre centenas de vezes na Bíblia. O sentido hebraico dessa palavra é: conceder poder a alguém para alcançar prosperidade, longevidade, fecundidade e ter muitos frutos. Então por meio de Abraão, todos os cristãos são abençoados com essa graça da aliança.
Abraão pela fé seria o pai de nações, seu nome seria grande e muito abençoado para anunciar a aliança divina para pessoas. A graça do Evangelho divino estaria no seu coração todos os dias. Assim como é conosco hoje, pela fé anunciamos o Reino da graça que salva, que restaura e renova vidas trazendo bênção e frutos na caminhada com Deus (Alcindo Almeida).



Comentários

Postagens mais visitadas