Amor constrangedor!

A canção Quanto Amor tem uma parte preciosa: Quanto amor, quanto amor, Ele tem por mim. Quanta dor, quanta dor, sofreu por mim por amor. A razão de tão grande amor, foi mostrar que a minha vida tem valor. Penso nas palavras do profeta Isaías: Mas ele foi ferido por causa da nossa transgressão, e moído por causa da nossa iniquidade; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. O mestre padeceu, sofreu angústias profundas para trazer redenção para o nosso coração. Ele foi humilhado, como diz o profeta, ele foi ferido por causa da nossa transgressão, e moído por causa da nossa iniquidade. 
Que dores terríveis que o mestre passou. O texto de Marcos 15:17-20 diz que o vestiram de púrpura, e tecendo uma coroa de espinhos, lha puseram na cabeça. E começaram a saudá-lo, dizendo: Salve, Rei dos Judeus! E feriram-no na cabeça com uma cana, e cuspiram nele e, postos de joelhos, o adoraram. E, havendo-o escarnecido, despiram-lhe a púrpura, e o vestiram com as suas próprias vestes; e o levaram para fora a fim de o crucificarem. Ele sofreu tudo isso por amor mesmo. Porque somente por amor e graça o mestre passaria por tamanha vergonha e escárnio. O restante da letra diz: Oh Deus te louvo pelo Teu amor, tu mudaste meu interior e agora eu quero viver para transmitir este amor, que vem de Ti. 
Só podemos nos render diante de tamanho amor e entrega. Um Deus que se entregou por nós, sofrendo, padecendo e sendo humilhado. Que amor profundo do Senhor Jesus por pecadores como nós. Engrandecido seja o nome do Cordeiro Divino para todo sempre! (Alcindo Almeida).







Você também pode gostar

0 comentários