A oração em solicitude

O isolamento em oração não é privacidade. As diferenças entre privacidade e solicitude são profundas. A privacidade é a nossa tentativa de isolar o eu de qualquer interferência; a solicitude deixa a companhia de outros por um tempo a fim de escutá-los mais profundamente, estar cientes deles, servi-los. A privacidade é afastar-se da multidão a fim de que eu possa ser instruído pela voz calma e quase imperceptível de Deus, que está entronizado nos louvores das multidões. As orações privatizadas são egoístas e escassas; a oração em solicitude une-se a uma comunidade multivocal, centenária: com anjos e arcanjos, na companhia de todo o céu, cantamos: Santo, Santo, Santo, Deus Todo Poderoso (Eugene Peterson).

Comentários

Postagens mais visitadas