A Trindade sofre na eternidade

Fico refletindo sobre a graça da cruz na visão da Trindade. Penso no amor divino por pecadores antes de tudo, antes da criação do Cosmos. Antes de tudo já havia a cruz na mente divina e a segunda pessoa da Trindade, Jesus Cristo morre na eternidade por amor dos eleitos. Dá para pensarmos sobre algo assim? A Trindade sofre na eternidade para ser por pecadores como nós. Então, o Pai é o amor que sacrifica, o Filho é o amor crucificado e o Espírito Santo é essa força divina invencível que conduz a segunda pessoa da Trindade até a cruz do Calvário. Que ato profundo da Trindade por gente pecadora como nós, que amor tocante, incompreensível e radical! Bendito seja esse Deus Trino amoroso e gracioso que se deu em favor de pecadores imerecedores na eternidade! (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas