Leituras em 2014

1.                  GRÜN, Anselm. O que nutre o amor. Rio de Janeiro: Vozes, 2011. Está o amor, hoje em dia, no fim - como alguns profetizam? Alarme falso, diz Alselm Grün. A verdade, porém, é que o relacionamento é um caminho que também conhece perigos. O amor pode levar ao sétimo céu, mas quando é vivido sobre o chão do dia-a-dia, precisa, então, de alimento e cuidado. 

2.                  PLATT, David. Siga-me. Rio de Janeiro: Thomas Nelson, 2013. Ser cristãé simplesmente acreditar em certas verdades e dizer certas palavras? Em Siga-me, David Platt mostra que ao dizer “siga-me” a um grupo de pescadores no mar da Galileia, Jesus fez um pedido que era muito mais do que uma oferta para acreditar nele: era um chamado para mudar de vida. Platt mostra que mesmo com todas as dificuldades em ser cristão hoje em dia, fomos chamados para a mesma mudança radical. 

3.                  ORTBERG, John. Amor além da razão. São Paulo: Vida, 2000. Dissipando seus medos e ideias incorretas, 'Amor além da razão' mostra a verdadeira personalidade do nosso Pai celestial. Com paixão e sabedoria, John Ortberg o levará diante do amor que liberta e o torna capaz de amar. 

4.                  PATRICK, Darrin. O plantador de igreja - o homem, a mensagem, a missão. São Paulo: Vida Nova, 2013. O que está no cerne de toda igreja plantada? O componente humano mais decisivo de toda plantação de igreja e de toda igreja plantada é o próprio plantador. As Escrituras têm muito a dizer sobre o caráter e a função dos chamados a liderar. Mas muito da sua sabedoria é deixado de lado em favor de estratégias e métodos ― um preço muito alto. É tempo de voltar aos critérios bíblicos para definir o homem, a mensagem e a missão de toda igreja. 

5.                  BLANCHARD, Ken. A alma do líder. São Paulo: Garimpo, 2009.Liderar é bem mais que ocupar um cargo ou uma posição. Está diretamente relacionado àquilo que o ser humano tem de mais profundo: seus valores, seus princípios, suas aspirações. E A alma do líder fala justamente sobre isso. Nesta obra - edição atualizada e revisada de um dos maiores sucessos de Ken Blanchard, O coração do líder -, o autor reúne uma série de reflexões sobre o assunto, todas extremamente inspiradoras e úteis para aquele que tem a responsabilidade de conduzir um grupo, uma organização, uma empresa, uma comunidade ou mesmo uma nação. Leitura fundamental para quem encara a liderança com a nobreza que o tema exige. Um livro de leve leitura, mas com verdades de extrema relevância que farão do leitor um líder melhor - um líder com alma. 

6.                  MAXWELL, John C. Liderança - Inspiração para cada dia do ano. São Paulo: Vida, 2013. Este devocional diário foi projetado para conectá-lo com Deus, abastecê-lo todos os dias à medida que você enfrenta novos desafios. 

7.                  LUCADO, Max. No olho do furacão. São Paulo: Mundo Cristão, 2004. No olho do furacão, Jesus não só permanece calmo como toma as medidas necessárias para evitar o desastre iminente. Talvez você esteja pensando: claro, afinal trata-se do filho de Deus. É verdade. Mas, lembre-se: Jesus é o mestre, nós somos os aprendizes. E com ele precisamos aprender como enfrentar as tempestades com as quais nos deparamos ao longo da vida. A boa notícia é que não precisamos fazê-lo sozinhos, pois o Mestre não abandona seus discípulos. Contém 232 páginas.

8.                  CRABB, Larry. Sonhos despedaçados. São Paulo: Mundo Cristão, 2004. Crabb oferece ao leitor as amplas possibilidades de crescimento espiritual, a partir dos 'Sonhos Despedaçados'. Ao invés de propor ao leitor que ignore o sofrimento ou finja que ele não existe, recomenda uma postura realista frente às dificuldades, fazendo com que surja um novo ser mais maduro e seguro daquilo que, de fato, é o grande sonho de nossas vidas. Contém 203 páginas.

9.                  SPANGLER, Ann - Jean Syswerda. Elas. 52 mulheres da Bíblia que marcaram a história do povo de Deus. São Paulo: Mundo Cristão, 2003. O livro examina de perto a vida de 52 mulheres da Bíblia, algumas de destaque e outras não tão destacadas, apresentando a história da salvação sob uma nova perspectiva. O elenco de personagens é amplo e variado, incluindo de prostitutas e rainhas perversas a profetisas, de mulheres ricas a mulheres exploradas, de mulheres solteiras a casadas e viúvas, de jovens a idosas. Longe de se tratar de personagens fictícias, são mulheres de verdade, que lutaram contra a tragédia ou, algumas vezes, foram sua causa; que arriscaram a vida e a reputação por outros, cheias de compaixão e de sabedoria para vencer as dificuldades. A história dessas mulheres revela muito sobre o amor de Deus, o ciúme dele por nós e sua criatividade para extrair o bem das circunstâncias mais desesperadoras. Contém 408 páginas.

10.               DOUGLAS, William - Rubens Teixeira. Sociedade com Deus. São Paulo: Mundo Cristão, 2014. Em Sociedade com Deus, os autores do consagrado As 25 leis bíblicas do sucesso voltam a se aprofundar na sabedoria milenar da Bíblia e apresentam as leis para quem deseja atingir um padrão ainda mais alto de sucesso e excelência com a condição de ter fé em Deus e buscar firmar uma parceria com ele. Nessa sociedade, como em qualquer outra, cada lado tem direitos e deveres, ônus e bônus. Deus vai entrar com o "capital" e o "trabalho" dele e espera que você faça a sua parte para que o projeto decole e renda frutos a ambos. Os princípios aqui reunidos formam um plano de ação para que você alcance uma nova dimensão de ética e serviço ao próximo, tornando-se uma pessoa íntegra, buscando superar-se em tudo o que faz e cuidando das pessoas à sua volta. Contém 184 páginas.

11.               HYBELS, Bill. Simplifique. Dez práticas para por a alma em ordem. São Paulo: Vida, 2014. Há quanto tempo você não encontra tempo para respirar, a sua agenda e as suas finanças não estão equilibradas, e os seus relacionamentos não estão fluindo com tranquilidade? Há quanto tempo você não se sente verdadeiramente em paz, pleno e conectado com Deus? Talvez seja hora de simplificar a sua vida. O autor de best-sellers Bill Hybels fala a partir de experiência própria: Simplificar é possível. Neste livro revolucionário, ele compartilha conosco sobre seu chamado para o despertamento quando ele se reconheceu como um escravo de sua agenda; e nos conta como precisou fazer uma pausa, realinhar suas prioridades e fazer mudanças antes que fosse tarde demais. Por meio de dez ações fundamentais, Bill revela ferramentas práticas marcantes que o ajudaram a estabelecer uma vida focada, simplificada e recompensadora — e a manter tudo isso por um longo período de tempo. A sua vida não se simplificará sozinha. Você precisa agir. Contém 312 páginas.

12.               HOUSTON, James M. O Criador: vivendo bem no mundo de Deus. Brasília, DF: Palavra, 2009. Este Livro é para cristãos que querem seguir em sua jornada rumo a um conhecimento mais profundo de Deus como Criador do céu e da Terra. Há inúmeros livros que argumentam a hipótese teista sobre a origem do cosmos em relação a outras visões. Existem diversos estudos acadêmicos sobre a existência de um ser superior, Jim Houston não escreveu uma obra dessa natureza. Seu livro é como um poderoso e ágil rio composto por três afluentes. O primeiro é uma forte base bíblica que o acompanha desde sua juventude. O segundo é um exame acadêmico minucioso e destemido das alternativas à crença cristã em um criador bom e amoroso, um escrutínio ainda mais impressionante por sua perícia profissional em estudos ambientais e sua cuidadosa pesquisa adentrando todas as facetas da questão. O terceiro é seu apaixonado compromisso pessoal com esse fiel Deus Criador; literalmente, estabeleceu sua família, sua carreira e toda a sua vida na existência e fidelidade de Deus. Aqui está um homem que conhece o Deus sobre o qual escreve. Não consigo imaginar alguém que, ao finalizar a leitura deste livro, não seja recompensado. Contém 336 páginas.

13.               MCGRATH, Alister. Heresia. São Paulo: Hagnos, 2014. Através da história da religião, Alister McGrath expõe a surpreendente trajetória da heresia ao longo do tempo. McGrath explica, também, porque as heresias nunca foram erradicadas – elas podem desaparecer em determinada época, mas reaparecer com roupagem diferente, em outra. Por outro lado, o autor apresenta uma ortodoxia poderosa, compassiva, e profundamente atrativa, que equipará a igreja para que possa enfrentar as heresias atuais, em suas mais diferentes formas. Contém 424 páginas.

14.               CORTELLA, Mario Sergio. Não espere pelo epitáfio. Provocações filosóficas. Rio de Janeiro: Vozes, 2014. Sensibilidade e vida. A presente obra provoca a curiosidade e aborda questionamentos comuns ao humano contemporâneo. Construído com pensamentos filosóficos sobre temas presentes no cotidiano da vida, este livro aguça os sentidos e induz à tomada de atitude positiva no desejo de se encontrar a cada dia. Contém 138 páginas.

15.               BETTO, Frei. Reinventar a vida. Rio de Janeiro: Vozes, 2014. Coletânea de pensamentos e crônicas breves e leves que importam um sentido mais que necessário para superarmos tanto o comodismo quanto o pessimismo diante dos fatos e realidades que vivemos. Em cinco campos de interesse, o autor alinha comentários e reflexões sobre sabedoria de vida, sobre o mundo em que vivemos, sobre o consumismo, sobre amigos e amigas e sobre questões ambientais, tendo sempre em vista a consciência, a inteligência e a sensibilidade do leitor. Com temáticas muito bem desenvolvidas e significativas, Reinventar a vida mostra que fomos criados para ser protagonistas, inventores, criadores e revolucionários e a obra tem lugar garantido tanto nas leituras e nas aulas do ensino fundamental e médio quanto nas lições de vida e nas lições para aprender a pensar. Contém 189 páginas.

16.               GRÜN, Anselm. O poder do silêncio. Rio de Janeiro: Vozes, 2012. Nesta obra, Anselm Grün tenta mostrar alguns mecanismos para controlar angústias que se multiplicam em momentos de silêncio e fazer com que esses nossos escassos momentos sejam realmente momentos de paz e descanso como devem ser: serenos e tranquilos. Contém 115 páginas.

17.               RIOS, LaércioUma Jornada de Fé. São Paulo: Editora Oxigênio, 2014Quando me debrucei sobre as páginas do texto fui lendo lentamente cada momento da vida do patriarca Abrão e depois Abraão. Li os diversos acontecimentos da vida desse homem que não é diferente de nós em absolutamente nada. Laércio conta a história desse homem que é chamado de amigo de Deus mesmo vacilando, mentindo, desconfiando da ação de Deus mesmo no meio de encontros profundos. Mas, há um desenrolar de uma história de vida caminhada na presença do Eterno Deus. O que Deus tem para nós nunca se poderá comparar com as lutas às quais ele nos submete. Olhe adiante, e veja a grandeza do Senhor e o que ele tem reservado para os que o buscam. Contém 125 páginas.

18.               CRUZ, João E. Jesus e os descaminhos da igreja. O livro de  tem a dinâmica de expressar que a igreja oferece ao mundo Jesus Cristo, e este crucificado como Paulo expressou. Nada mais interessa oferecer a não ser que o mundo veja no Cristo da cruz sua total esperança. Cristo é a fonte da nossa vida, ele é o centro de todo o Evangelho da graça da Trindade. No texto você verá que Jesus marca a vida humana com sua graça, amor, compaixão e que Ele dá sentido e significado para o coração humano. Contém 150 páginas.

19.               LUCADO, Max. Por isso o chamam SalvadorSão Paulo: Mundo Cristão, 2014. Olhando para trás, é possível perceber como ele realmente encarnou a mensagem da Cruz, apresentada nesta obra, e se tornou um mensageiro da graça de Deus cuja repercussão alcançou dimensões planetárias. Este livro trata da essência do evangelho e de como você pode fazer de sua existência um tributo àquele que resolveu enfrentar, em seu lugar, o desprezo e a violência, a fim de que hoje você possa viver a esperança de plenitude do Reino de Deus. Contém 192 páginas.

20.               WARREN, Kay. Escolha a alegria. São Paulo: Mundo Cristão, 2014. Num relato marcado pela franqueza e pela doçura de alguém em busca da proximidade com Deus, Escolha a alegria permitirá que você olhe para dentro de si na medida em que conhece as lutas e dissabores de alguém exatamente como você: uma pessoa em construção. Alguém ciente de que a vida não é um conto de fadas, mas que pode ser temperada por um componente restaurador: a alegria que somente Deus pode dar. Contém 216 páginas.

21.               GEISLER, Norman e Frank Turek. Não tenho fé suficiente para ser ateu. São Paulo: Editora Vida, 2010. Antes de tocar a questão da verdade do cristianismo, essa obra aborda a questão da própria verdade, provando a existência da verdade absoluta. Os autores desmontam as afirmações do relativismo moral e da pós-modernidade, resultando em uma valiosa contribuição aos escritos contemporâneos da apologética cristã. Contém 424 páginas.

22.               NOUWEN, Henri. A volta do filho pródigoSão Paulo: Editora Paulinas, 1999. O amor do Pai é demonstrado por Rembrandt com profundo carinho, misericórdia e perdão, pela maneira que ele abraça seu filho e cada característica desta cena é vista pelo autor com muita profundidade, as características físicas do pai dá à figura paterna por Rembrandt uma força inexplicável é que o essencialmente humano.

23.               CONLON, Carter. Cristão 180º. São Paulo: Editora Vida, 2013. À medida que o mundo se torna mais sombrio, a sociedade fica cada vez mais esgotada e protestos irrompem em todo o mundo por motivos bem mais profundos que os próprios manifestantes podem identificar, evidencia-se um prenúncio universal de perigo. A pergunta do pastor Carter Conlon é: Nós, como seguidores de Cristo, faremos a diferença? Este livro tem uma palavra do Senhor para aqueles que desejam verdade, força e direção e promete manter-nos firmes nos dias em que o mundo for abalado, de modo que possamos ser fontes de bênção e esperança para os outros. Contém 204 páginas.

24.               QUEIROZ, Carlos. Ser é o bastante: felicidade à luz do sermão do Monte. Viçosa, MG: Ultimato, 2006. A novidade não é o Sermão do Monte, mas a forma cativante como o autor traz o desafio do Mestre para dentro do nosso cotidiano, fazendo-nos subir ao monte (ou seriam as dunas das praias nordestinas?) junto com Jesus e ouvi-lo ensinar na linguagem e no sotaque do nosso povo: Felizes são os pobres, os humildes, os que choram. Olhem para as aves do céu e os lírios do campo. Um jeito simples e profundo de falar do desafio que é ser discípulo de Jesus. Contém 232 páginas.

25.               CHAPMAN, Gary & Chris Fabry. Inesperada graça. São Paulo: Mundo Cristão, 2014. A busca por Deus pode se revelar uma jornada frustrante quando nos sujeitamos a padrões inalcançáveis de santidade. Erroneamente, costumamos mirar os diversos personagens bíblicos como modelos de perfeição, quando na realidade são pessoas comuns, com virtudes e defeitos, que passaram por experiências extraordinárias. Basta olhar para os personagens que fazem parte da genealogia de Jesus para perceber que o Criador escolheu pessoas como você, mas que, ao serem alcançadas pela graça divina, tiveram participação decisiva na história da humanidade. E o que fizeram para se tornar merecedoras da graça? Nada. A graça de Deus transformou imperfeição em perfeição, aos olhos do Criador. Inesperada graça resgata as histórias desses homens e dessas mulheres da linhagem de Jesus que nos inspiram e desafiam com seus anseios, suas contradições, vitórias e derrotas. São relatos de amor, perdão, aceitação e restauração. São histórias reais que podem ser a sua história. Contém 160 páginas.

26.               CRAIG, Adolf Guggenbühl. O abuso do poder na psicoterapia e na medicina, serviço social. Sacerdócio e magistério. São Paulo: Paulus, 2008. A maioria das profissões, de uma forma ou de outra, presta serviço à saúde e ao bem-estar da humanidade. Porém, as atividades do médico, do sacerdote, do professor, do psicoterapeuta e do assistente social envolvem um trabalho especializado e deliberado para ajudar os infelizes, os doentes, aqueles que de algum modo se perderam. A presente obra analisa como e por que os membros dessas profissões de ajuda podem também causar enormes danos, devido a seu próprio desejo de ajudar. Contém 139 páginas.

27.               DAMBERG, Carlos F. Uma só flecha. Quando não se pode errar no caminho do sucesso. São Paulo: Hagnus, 2009. Uma Só Flecha é um livro indicado para pessoas que querem melhorar sua eficiência e qualidade não apenas no âmbito profissional, mas também para a vida pessoal, ponto ressaltado por Damberg. Afinal, sejam quais forem os papéis que desempenhamos na vida – como professor, pai, mãe, cientista, médico, consumidor, amigo ou inquilino – realizar tarefas é algo sempre presente. E quanto maior excelência nós tivermos ao realizá-las, mais completa será nossa vida. Contém 152 páginas.

28.               CUNNINGHAM, Ted. Jovem apaixonado - Desafiando o desnecessário adiamento do casamento. São Paulo: Vida, O pastor Ted Cunningham revela os segredos para criar um relacionamento de uma vida inteira, de sucesso e saudável no início  da juventude. Ele explica como as discussões sobre casar-se cedo normalmente seguem o rumo errado. Em seguida, compartilha sabedoria sobre como saber se você está fazendo a escolha certa e o ajuda a entender o que é necessário para estar pronto para se casar. Ao longo do livro, mostra que, melhor do que dar um beijo de adeus ao namoro, a resposta para permanecer puro pode ser preparar-se para o casamento. Porque normalmente é mais fácil dizer “Vamos esperar” quando o “Sim” não está tão longe. Contém 244 páginas.

29.               CAMPOS, Heber CarlosO habitat humano (Volume 3). São Paulo: Hagnos, 2013Com efeito, o habitat humano sofre com os efeitos da queda e, em virtude de sua condição, está destinado à destruição por meio do julgamento divino. No entanto, até que venha o grande Dia do Senhor, aos cristãos cabem deveres diante do atual habitat, nutrindo esperança e expectação acerca da gloriosa restauração final. É um livro de esperança, mesmo que apresente uma realidade de sofrimento e destruição, pois enfatiza o relacionamento profundo do homem com o seu Criador, levando-o às responsabilidades e obrigações ante o paraíso ausente que tanto ansiamos por ter presente. Contém 480 páginas.

30.               COSTA, Samuel. Capelania Cristã - Assistência religiosa nas instituições civis e militares. Rio de Janeiro: Editora Silva Costa, 2013. Aproveitando a riqueza dos ensinamentos bíblicos, o autor reporta sobre a história da Assistência Religiosa que, para muitos na linguagem de hoje, tornou-se sinônimo de Capelania Cristã. A obra demonstra que, para ser um autêntico Capelão Cristão, um dos ensinamentos dados por Jesus de Nazaré, o Cristo, que precisa ser colocado em prática, é ser misericordioso como é Deus que está no céu. Contém 235 páginas.

31.               PARANAGUÁ, Glenio Fonseca. O crime da letra. PR. Londrina: Editora Ide, 2009. A estrela é um astro que tem luz própria. Os planetas são astros que não emitem luz deles mesmos. Se eles iluminam é porque foram iluminados por uma estrela. Deus é luz e os homens só podem ser alumiados por Deus. Cristo é justo e os pecadores só podem ser justificados por Cristo. O Deus trino é o único ser justo com a sua justiça. Ele não precisa de coisa alguma e de ninguém, uma vez que só ele se basta a si mesmo. O ser humano foi criado reto, mas finito, e, ao pecar, se tornou ímpio. Ninguém pode se justificar diante de Deus com a sua justiça pervertida pelo orgulho do seu ego ímpio. A justiça humana é comparada na Bíblia a trapos de imundícia. Assim, não há nenhum justo que produza justiça aceitável que o justifique na presença de Deus. Contém 144 páginas.

32.               KELLER, Timothy e Katherine Leary Alsdorf. Como integrar fé e trabalho. Nossa profissão a serviço do reino de Deus. São Paulo: Vida Nova, 2014. Como Deus nos chama a expressar sentido e propósito por meio de nosso trabalho e carreira profissional. Keller tem ensinado e aconselhado por mais de vinte anos estudantes, jovens profissionais e líderes experientes sobre o tema trabalho e chamado cristão. Agora ele disponibiliza suas ideias para leitores do mundo inteiro neste livro, que oferece perspectivas bíblicas sobre questões prementes como: • Qual é o propósito do trabalho? • Como posso encontrar sentido e servir às pessoas em um ambiente de trabalho impiedoso e voltado para resultado? • Como usar minhas habilidades em uma vocação que tenha sentido e propósito? • Posso manter-me fiel a meus valores e ainda assim crescer profissionalmente? • Como fazer as difíceis escolhas que devem ser feitas ao longo de uma carreira de sucesso? Contém 240 páginas

33.               PAES, Carlito. O grande doador. Porque a vida é maior que a nossa insatisfação. São Paulo: Inspire, 2013Nessas páginas, você poderá refletir um pouco mais sobre as virtudes do Grande e apaixonado Deus. À medida que você conhecer mais do coração desse Deus que já lhe deu tanto – na verdade, tudo – certamente você sentirá a necessidade de ser mais parecido com Ele, o Grande Doador! Contém 224 páginas.

34.               PETERSON, Eugene. A maldição do Cristo genérico. São Paulo: Mundo Cristão, 2007. Eugene afirma: “Escrever sobre a vida cristã (chamada aqui de "teologia espiritual") é como tentar reproduzir num quadro um pássaro voando”. Realmente, ele escreve uma teologia espiritual tão relevante, que nos faz voar mesmo. Ele é profundo na exegese bíblica e na avaliação dos textos sagrados, com relevância para os nossos dias. É mais um livro de Eugene que pego para ler e refletir no meu escritório e que marca profundamente o meu coração. Contém 400 páginas.

35.               ROBERTS, Monty & Curt Thompson. Violência não é respostaUsando a sabedoria gentil dos cavalos para enriquecer nossas relações. São Paulo: Bertrand Brasil, 2002Usando a técnica da "Conjunção" - seu fantástico método para domesticar cavalos selvagens em uma única sessão de 30 minutos -, ele ensina como melhorar as relações humanas em casa e no trabalho. A partir de sua experiência, Monty Roberts desenvolveu também a técnica do quadro de prêmios e consequências, um modo de disciplinar as crianças com gentileza, confiança, motivação e, sobretudo, sem fazer uso da violência. Um livro repleto de encontros memoráveis entre seres humanos e cavalos que demonstra o poder da delicadeza, da ação positiva e da confiança para recuperar mesmo os relacionamentos mais difíceis. Roberts dá sequência a seu trabalho, mostrando que o método gentil é o melhor caminho para se lidar não apenas com cavalos, mas também com pessoas. Contém 252 páginas.

36.               TOZER, A. W. A vida crucificada. São Paulo: Editora Vida, 2013. A vida crucificada é um exame abrangente de várias questões respondidas com o profundo pensamento bíblico pelo qual Tozer costuma ser reverenciado. “Deus é hábil em desenvolver cruzes para seus seguidores”, ele gostava de dizer. No cerne deste livro, você encontrará um chamado para seguir Cristo até a cruz e ser ressuscitado para uma nova vida — um chamado para viver a vida crucificada. Contém 3 páginas.

37.               PARROTT, Les. Conte até 3. São Paulo: Editora Vida, 2014. Agindo por impulso, você pode rejeitar algo ou insistir nele, dando uma nova oportunidade. Neste livro o autor mostra como se fortalecer, como aceitar desafios, contribuir, dar o máximo de si, não se preocupar e agir, entre outros. “Em linguagem simples, o Dr. Parrott mostra como uma pausa momentânea, de apenas três segundos, pode engrandecer toda a sua vida. Não posso imaginar ninguém que não reconheça o valor inestimável deste livro. Se você é líder, deve presentear sua equipe com este livro”. John C. Maxwell. Contém 184 páginas.

38.               BUNYAN, John. Graça abundante - para o principal dos pecadores. São Paulo: Editora Vida, 2013. No que você está pensando? É a autobiografia espiritual de John Bunyan. Trata de sua conversão e luta com a fé. Foi escrita quando Bunyan esteve preso por pregar sem licença. Sua principal dificuldade era um tipo de “desordem obsessiva compulsiva espiritual”, como diz um comentarista. As preocupações constantes de Bunyan eram seu estado quanto à salvação e se Deus o considerava digno o bastante para a vida eterna. Esta história comunica a angústia do autor com o próprio pecado, sua confissão e o impacto da graça divina que salva e transforma vidas. As lutas espirituais de Bunyan relembrarão aos leitores que até as grandes personalidades da fé tiveram dificuldades em crer, e seu testemunho pessoal incentivará todos os que porventura estejam duvidando do estado de sua salvação. Contém 144 páginas.

39.               RODRIGUES, Alexandre. Construa seus sonhos. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2013. O autor mostra como um adequado planejamento de vida pode levar qualquer pessoa a realizar seus projetos. Seus princípios são corroborados por passagens bíblicas. Christian Barbosa, que assinará o prefácio da obra, é um autor best-seller com diversos livros, dois dos quais foram lançados pela Agir: Mais tempo, mais dinheiro e Estou em reunião. Ele é considerado o maior especialista em gerenciamento de tempo e produtividade pessoal do país. Contém 237 páginas.

40.               LUCADO, Max. Você vai sair dessa. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2013. O autor mostra que Deus nunca prometeu que superar as dificuldades e adversidades seria fácil. Lucado mostra que Deus tem um plano para nós, mas também que temos de entregar a vida ao poder do Espírito para achar a verdadeira superação nos momentos de turbulência. Contém 205 páginas.

41.               THOMPSON, Curt. Conexões para a vida - Entender as conexões entre o cérebro, a consciência e as práticas espirituais pode transformar. São Paulo: Vida, 2012. Em Conexões para a vida, o psiquiatra Curt Thompson mostra como descobertas neurocientíficas acerca das nossas funções cerebrais estão em harmonia com o que a Bíblia ensina a respeito de como desenvolver a mente de Cristo. Quando nos envolvemos em práticas espirituais como oração e confissão, nossas redes neurais são renovadas.  Você quer melhorar seus relacionamentos e experimentar mudanças pessoais duradouras? Junte-se ao psiquiatra Curt Thompson numa jornada extraordinária para descobrir o projeto surpreendente de transformação escondido dentro da sua mente. Integrando descobertas da neurociência à espiritualidade cristã, Dr. Thompson revela como é possível reconectar a mente. Em termos leigos, o autor mostra como você pode ser mentalmente transformado por meio de práticas espirituais, na interação com as Escrituras e no relacionamento com outras pessoas. Além disso, o autor fornece exercícios práticos para ajudá-lo a experimentar cura em áreas problemáticas: questões como ansiedade, vícios, culpa doentia ou depressão. Contém 296 páginas.

42.               LUCADO, Max. Seu nome é amor. São Paulo: Mundo Cristão, 2012. Divinamente humano, extraordinariamente comum. Apenas alguém tão especial poderia alterar para sempre, os rumos da história da humanidade e os da sua história. Sabe quem é esta pessoa? Jesus. Sua vida, morte e legado são a maior prova de amor que alguém poderia receber. E ele fez tudo por você. E é este amor que Max Lucado apresenta a você neste livro, um amor sacrificial e redentor. Seu nome é amor. Contém 112 páginas.

43.               MACARTHUR, John. Pais sábios, filhos brilhantes. Rio de Janeiro: Thomas Nelson. 2014. Quando o assunto é criação de filhos, não faltam correntes, regras, palpites e instruções — muitas vezes conflitantes — fornecidos por parentes, amigos ou especialistas. Mas quem recebeu de Deus o presente de ter um filho quer garantir uma educação sólida em princípios e valores que não se deterioram conforme a cultura, as circunstâncias ou as opiniões pessoais. Reconhecido internacionalmente como um dos mais respeitados autores e teólogos cristãos da atualidade, John MacArthur oferece uma abordagem singular sobre a educação dos filhos. Ele se baseia em conceitos bíblicos que dão plena segurança aos pais que reconhecem a autoridade da Palavra de Deus na formação do caráter da criança para que se torne um adulto responsável, realizado e feliz. Contém 256 páginas.

44.               DRISCOLL, Mark. Quem você pensa que é? Encontre sua verdadeira identidade em Cristo. São Paulo: Mundo Cristão, 2014. Quem é você? O que o define? Qual é sua verdadeira identidade? Como você responderia essas três perguntas? Saber responder corretamente pode ser a diferença entre viver uma vida de significado ou simplesmente existir. Em geral, esquecemos quem realmente somos e, por isso, buscamos preencher esse vazio com coisas passageiras, incapazes de satisfazer os anseios da alma. Até mesmo muitos que dizem "estar em Cristo" parecem não viver de modo significativo o que acreditam. Mark Driscoll explora com inteligência e sagacidade as reais implicações de sermos criados à imagem e semelhança de Deus. E revela como potencializar em realizações pessoais e comunitárias essa condição única da Criação. Descobrir ou redescobrir sua nova identidade em Cristo trará repercussões eternas. Contém 302 páginas.

45.               DEE, Henderson, Dee; Henderson. O Guardião. São Paulo: United Press, 2004. O presidente fez sua indicação para a Suprema Corte. Um juiz federal foi assassinado. Há uma única testemunha ocular do crime. Agora, a vida dela está em risco e apenas uma pessoa é capaz de mantê-la a salvo. Neste ambiente marcado pela insegurança, O Guardião apresenta uma missão em que o risco é inevitável e um relacionamento, intransferível. Impossível não arriscar tudo para chegar ao desfecho deste caso. Contém 381 páginas.

46.               PAULINO, Claudinei. Espiritualidade em Dostoievski. Cristo e liberdade na obra de Fiódor Dostoievski. São Paulo: Arte Editorial, 2012. Embora haja a percepção da expressiva presença do trágico em Dostoievski, em que constantemente a angústia, a culpa, o sofrimento, a fatalidade, os questionamentos inquietantes se manifestam, isto não significa a negação da possibilidade de uma construção de vida, mesmo em detrimento dessa contingência. Dostoievski lida com o trágico, mas também com o belo. É como se Deus e o Diabo travassem uma batalha no coração do homem, parafraseando o próprio Dostoievski. É nessa direção que trilha a obra, no diálogo entre a literatura de Dostoievski e o pensamento teológico latino-americano, em especial com o pensamento teológico de Juan Luis Segundo e José Comblim. E nesse sentido não é negado o trágico, mas enfatizado no diálogo proposto a construção de vida apesar do trágico, construção essa que se dá na liberdade e no amor. Contém 153 páginas.

47.               ROBERTS, Monty. O homem que ouve cavalos. São Paulo: Bertrand Brasil, 2013Para todos que se interessam por animais, não somente cavalos, e que gostariam de se relacionar melhor com eles, uma leitura imperdível. (Daily Telegraph) Extraordinário. Enquanto Roberts fala, a sabedoria nascida de uma vida imensamente variada sai flutuando de dentro dele. Surpreendente, multifacetado e definitivamente enriquecedor. O dom inigualável de Monty Roberts para lidar com cavalos fez dele um mestre na utilização da linguagem na comunicação, chamada por ele de Equus. A obra O Homem que Ouve Cavalos ficou por mais de um ano na lista dos dez best-sellers nos EUA e na Inglaterra, segundo a revista Publishers Weekly. Roberts utiliza métodos revolucionários de comunicação, os quais já empregou em mais de 3.000 animais, ao longo de mais de 40 anos de trabalho. O amor pelos cavalos, que considera irmãos, e seu aguçado senso de observação fizeram dele um pioneiro na comunicação. Descobriu que é a égua mais velha que traça os itinerários e castiga os potros mais rebeldes. Enquanto que o papel dos garanhões é apenas cuidar dos seus haréns e vigiar os animais predadores. Contém 352 páginas.

48.               CORDEIRO, Wayne com Francis Chan e Larry Osborne. Peneirado - Em busca de crescimento espiritual nas provações, nos desafios e nas decepções. São Paulo: Vida, 2013. Em Peneirado, o pastor Wayne Cordeiro oferece o mesmo encorajamento, falando a verdade em amor aos que lutam com os problemas do ministério eclesiástico, e relata experiências pessoais em sua jornada, preparando os líderes para enfrentar as dificuldades e os contratempos de dirigir igrejas e iniciar novos ministérios. Francis Chan e Larry Osborne também colaboram com relatos de experiências pessoais, recheando cada capítulo com perguntas desafiadoras que provocam reflexão, para desenvolver nos líderes um coração totalmente submisso a Deus, concentrado em “ser e tornar-se” em vez de “fazer e conquistar”. Este livro não gira em torno de apresentar modelos e métodos; ao contrário, Peneirado lança um desafio ao número de sucessos que você alcançou e o incentiva a entender que não está sozinho na luta que enfrenta como líder. Cordeiro, Chan e Osborne apresentam sabedoria extraída de anos de experiência, que poderão posicionar o leitor de forma mais adequada a uma vida de ministério de completa submissão a Deus. Contém 258 páginas.

49.               LUCADO, Max. Deus está aqui. São Paulo: Mundo Cristão, 2013. Que momento sublime foi aquele em que o próprio Deus se faz carne na pessoa de Jesus de Nazaré! O Criador tornou-se visível e pôde ser ouvido e tocado. Deus entrou em nosso mundo, e, por essa razão, somos capazes de entrar no mundo dele. O cristianismo, em sua forma mais pura, nada mais é que ver Jesus. E o serviço cristão nada mais é que imitá-lo. Ver sua majestade e fazer o que ele fez: essa é a essência da nossa fé. O escritor e pastor Max Lucado discorre nesta obra fascinante sobre a importância da encarnação de Cristo. Um fenômeno extraordinário, que nos permitiu ser como ele foi, agir como ele agiu, falar com ele falou, ouvir como ele ouviu e amar como ele amou. E prepare-se, pois os que o veem hoje nunca mais serão os mesmos! Contém 192 páginas.

50.               CORTELLA, Mario Sérgio. Pensar bem nos faz bem! 1 - Filosofia, religião, ciência, educação. Rio de Janeiro: Vozes, 2014. Filosofia, religião, ciência e educação, são temas bastante discutidos e relevantes na sociedade atual, e pode não parecer, mas eles têm ligação entre si. Tendo como inspiração esses temas, o autor Mario Sergio Cortella elaborou seu mais novo trabalho, "Pensar bem nos faz bem! - Pequenas reflexões sobre grandes temas". Os livros são baseados nas falas diárias do autor na rádio CBN e trazem o olhar da Filosofia sobre temas do quotidiano. Contém 141 páginas.

51.               CORTELLA, Mario Sérgio. Pensar bem nos faz bem! 2 - Família, carreira, convivência, ética. Rio de Janeiro: Vozes, 2014. Família, carreira, convivência e ética, são temas bastante discutidos e relevantes na sociedade atual, e pode não parecer, mas eles têm ligação entre si. Tendo como inspiração esses temas, o autor Mario Sergio Cortella elaborou seu mais novo trabalho, "Pensar bem nos faz bem! - Pequenas reflexões sobre grandes temas". Os livros são baseados nas falas diárias do autor na rádio CBN e trazem o olhar da Filosofia sobre temas do quotidiano. Contém 141 páginas.

52.               Ferreira, Franklin. Agostinho de A a Z. São Paulo: Vida, 2007. Pesquisar artigos e comentários sobre a obra de um pensador amplia e enriquece nossa visão. No entanto, se quisermos conhecer de forma direta e profunda suas idéias, nada melhor que ir à própria fonte! Esse é o objetivo de Agostinho, livro elaborado com citações relevantes distribuídas em mais de cem verbetes, de A a Z. Essas citações fornecem uma visão abrangente da reflexão teológica deste que é considerado por muitos o maior teólogo cristão após o apóstolo Paulo. Em virtude da coerência e amplitude do pensamento do pensador norte-africano do quinto século, esta obra constitui-se ferramenta essencial para todos os interessados em um contato mais prolongado com as fontes primárias de um teólogo apaixonante. Deleite-se! Contém 243 páginas.

53.               SANTO, Agostinho. A Cidade de Deus. Rio de Janeiro: Vozes, 2007. Parte I. A origem desta extraordinária obra de Santo Agostinho parece colocar-se num fato bem específico: a invasão e o saque de Roma, em 410, por Alarico, rei dos visigodos. É o que nos conta o próprio santo, no capítulo 43 da segunda parte das Retractationes, quando afirma: "Por isso, ardendo em zelo pela casa da Deus, resolvi escrever estes livros da Cidade de Deus contra suas blasfêmias ou erros". A Cidade de Deus é uma interpretação do mundo à luz da fé cristã. Trata-se da primeira teologia e filosofia da história. Esta primeira parte contém os livros de I a X da obra completa. Contém 414 páginas.

54.               SANTO, Agostinho. A Cidade de Deus. Rio de Janeiro: Vozes, 2007. Parte II. Para Santo Agostinho, a história humana é a história da salvação dos homens, tudo que acontece ou deixa de acontecer se acha inscrito na economia da salvação. A sociedade é a Cidade de Deus, a fé cristã não constitui um setor na vida do crente. Banhado na luz da fé, todo o mundo se transfigura. Crer não significa caminhar para o céu, mas que toda a vida já pressupõe a fé e que apenas pela fé se entra e se vive a libertação do homem. Contém 695 páginas.

55.               TITUS, Devi. A experiência da mesa. São Paulo: Mundo Cristão, 2013. A correria do dia a dia e uma agenda cheia de atividades têm interferido em um dos momentos mais importantes que se pode ter em família: a hora das refeições. A questão não é a alimentação em si, mas o compartilhar entre as pessoas, o investimento nos relacionamentos que a mesa nos proporciona. Devi Titus desvenda a importância da mesa nas Escrituras e compartilha com você a bênção de se investir nestes momentos em família, com amigos e pessoas queridas, na construção de relacionamentos mais fortes e sadios. Contém 224 páginas.

56.               SERGIO, Mario. Dar-vos-ei pastores. Ressaltando o privilégio da vocação pastoral. São Paulo: Arte Editorial, 2014. Nós entendemos que o pastor é a pessoa numa comunidade que tem condições de levar a sério homens e mulheres pelo que são na sua identidade e Imago Dei. A atitude do pastor é de valorizá-los como eles são e dar dignidade que combina com a Imagem de Deus. O pastor é o instrumento para investir nas pessoas criadas por Deus e ensinar que elas têm valor eterno sem que para isso tenham de provar que são úteis ou bons em alguma coisa. É sobre isso que o autor trata no livro. Contém 188 páginas.

57.               JAKES, T. D. 40 dias de poder. São Paulo: Vida, 2012. Iniciando ou encerrando seu dia com a leitura de 40 dias de poder, você será renovado e ganhará energia para lidar com os desafios da vida. Peça que Deus assuma o controle das circunstâncias! Contém 168 páginas.

58.               CORTELLA, Mario Sergio. Qual é a tua obra? Inquietações propositivas sobre gestão, liderança e ética. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2011. A ideia de trabalho como castigo precisa ser substituída pelo conceito de realizar uma obra. Enxergar um significado maior na vida aproxima o tema da espiritualidade do mundo do trabalho. Neste livro o autor desmistifica conceitos e pré-conceitos, e define o líder espiritualizado, como aquele que reconhece a própria obra e é capaz de edificá-la, buscando incessantemente o significado das coisas. Contém 144 páginas.

59.               LEMAN, Kevin. Entre lençóis. São Paulo: Mundo Cristão, 2013. O sexo não é tudo em um casamento, mas não dá para negar que sem ele não há unidade entre o casal. Diversas coisas podem tomar o espaço de uma sexualidade saudável e isso acaba por afastar marido e esposa, minando outras áreas da relação.  Você deve saber que o sexo é muito bom, mas isso não significa necessariamente que você está satisfeito (a) nesta área. E é justamente esta realidade que Kevin Leman vai ajudar você e seu cônjuge a transformar!  Com todo seu bom-humor e experiência no aconselhamento de casais, Kevin Leman traz nesta obra uma visão muito aberta e direta sobre a intimidade no casamento. Ele mostra porque vale a pena investir em uma boa vida sexual e aponta como fazer isso acontecer de forma natural, divertida e que satisfaça marido e esposa. É um livro para ser lido pelo casal em conjunto e entre os lençóis. Aproveite! Contém 240 páginas.

60.               LEMAN, Kevin. Acabe com o estresse antes que ele acabe com você. São Paulo: Mundo Cristão, 2013. Cuidar da casa, levar e buscar os filhos, checar a lição de casa deles, dar atenção ao marido, trabalhar fora, estudar, cozinhar e ainda ter tempo para as amigas e o restante da família. Ufa! Só de lembrar a quantidade de tarefas que você tem de dar conta todos os dias já cansa, não é? Você não está sozinha nessa corrida! O Dr. Kevin Leman percebeu que, de fato, é crescente o número de mulheres que têm sido dominadas pelo estresse. E, com bom humor e dicas práticas, ele vai ajudá-la a lidar com as áreas mais críticas de estresse em sua vida: filhos, trabalho, marido, tarefas de casa, dinheiro e agenda lotada. Descubra como desenvolver um estilo de vida mais sereno e equilibrado, mantendo o estresse bem longe de você e de quem a rodeia. Sem estresse! Contém 168 páginas.

61.               MAX, Lucado. Deus está no controle. São Paulo: Mundo Cristão, 2012. Para muitos cristãos, em situações aparentemente sem solução, confiar em Deus é bastante difícil. No fundo, sabemos que é o que devemos fazer, mas a pressão por uma solução rápida nos faz sentir Deus distante de nós. Entretanto, amoroso como é, Deus compreende nossas limitações e, ao longo da história, tem levantado homens e mulheres para nos ajudar a fortalecer nossa confiança no Criador. Max Lucado, pastor e escritor, conhecido no mundo inteiro por suas obras sensíveis sobre o amor, a graça e a misericórdia de Deus, nos traz neste livro textos valiosos sobre o Deus sempre presente em nossa vida, nos melhores e nos piores momentos. Contém 203 páginas.

62.               STANLEY, Andy. O líder da próxima geração - Qualidades de liderança que definirão o futuro. São Paulo: Vida, 2013. Cinco características marcam o líder que definirá o futuro: competência, coragem, clareza, treinamento e caráter. Com a autoridade de duas décadas de experiência mentoreando uma geração em formação, o visionário de nosso tempo Andy Stanley mostra como: descobrir e utilizar seus pontos fortes alavancar as incertezas conservar a autoridade moral controlar os seus medos escolher um coach (treinador) de liderança “Indivíduos capazes acabarão por superar, ultrapassar e substituir a geração atual de líderes”. Contém 168 páginas.

63.               MULLER, George. A autobiografia de George Muller. Paraná: Ide, 2007. O que pode ser realizado através de um homem comum que confia em um Deus todo-poderoso? George Müller descobriu infinitas possibilidades! Estes trechos de seu diário permitem que ele mesmo conte a história de como aprendeu a depender de Deus para o suprimento de todas as suas necessidades. A jornada deste homem começa numa vida de pecado e rebeldia e vai até sua gloriosa conversão. Compartilhe de suas lutas e vitórias enquanto ele escreve como fundou orfanatos para cuidar de milhares de crianças inglesas. Contém 240 páginas.

64.               MERTON, Thomas. Novas sementes de contemplação. Rio de Janeiro: Editora Fissus, 2001. Este livro é um dos que se escrevem quase automaticamente em qualquer mosteiro. Talvez seja essa uma das razões por que se escrevem relativamente poucos desses livros. As pessoas entregam-se a demasiadas paixões e violência física para que queiram refletir a fundo sobre a vida interior e o seu significado. Todavia, dado que a vida interior e a contemplação são as coisas de que mais necessitamos – falo unicamente da contemplação que brota do amor de Deus – as considerações contidas nestas páginas deveriam ir ao encontro do que as pessoas do nosso tempo anseiam, e não só os monges. Contém 291 páginas.

65.               MCGRATH, Alister. C. S. Lewis – Do Ateísmo às terras de Nárnea. São Paulo: Mundo Cristão, 2013Por mais de meio século, C. S. Lewis vem alimentando a imaginação de milhões de pessoas em todo o planeta com seu fantástico mundo de Nárnia. Para celebrar o 50º aniversário de sua morte, Alister McGrath reconta a vida deste que é considerado um dos maiores escritores do século XX. McGrath apresenta um panorama abrangente e fascinante da trajetória de um pensador profundamente original e que se tornou fonte de inspiração para crianças e adultos em todo o mundo. Contém 424 páginas.

66.               MCGRATH, Alister. Criação. A verdade e o imaginário cristão. São Paulo: Hagnos, 2012. Neste volume atraente e primorosamente ilustrado sobre a Criação, Alister McGrath conquista a razão, as emoções e, ao mesmo tempo, aumenta a fé de seus leitores. São sete pinturas famosas reproduzidas em cores e, cada uma delas retrata um aspecto da Criação. Comentários abalizados e detalhados sobre as ideias transmitidas por cada obra de arte são entremeados com poesia, oração e reflexão teológica. O resultado não só alimenta nossa visão do Deus Criador do mundo, mas também nos ajuda a encontrar e a experimentar Deus de forma ainda mais profunda; ao fazermos isto, descobrimos a nós mesmos. Contém 112 páginas.

67.               HOUSTON, James. O Criador. Brasília: Palavra, 2009. Este Livro é para cristãos que querem seguir em sua jornada rumo a um conhecimento mais profundo de Deus como Criador do céu e da Terra. Há inúmeros livros que argumentam a hipótese teísta sobre a origem do cosmos em relação a outras visões. Existem diversos estudos acadêmicos sobre a existência de um ser superior, Jim Houston não escreveu uma obra dessa natureza. Seu livro é como um poderoso e ágil rio composto por três afluentes. O primeiro é uma forte base bíblica que o acompanha desde sua juventude. O segundo é um exame acadêmico minucioso e destemido das alternativas à crença cristã em um criador bom e amoroso, um escrutínio ainda mais impressionante por sua perícia profissional em estudos ambientais e sua cuidadosa pesquisa adentrando todas as facetas da questão. O terceiro é seu apaixonado compromisso pessoal com esse fiel Deus Criador; literalmente, estabeleceu sua família, sua carreira e toda a sua vida na existência e fidelidade de Deus. Aqui está um homem que conhece o Deus sobre o qual escreve. Não consigo imaginar alguém que, ao finalizar a leitura deste livro, não seja recompensado. Contém 336 páginas.

68.               GUIMARÃES, Rosther. O poderoso Evangelho de Cristo. Brasília, 2014. Rosther é um amigo de longa data, um pastor de almas, um jovem eloquente e firme quando solta a voz para falar do Evangelho. Fico feliz por fazer esses comentários sobre alguém que realmente anda com Deus. E passeando pelo seu livro O Poderoso Evangelho de Cristo resolvi mencionar algumas frases que têm tudo a ver com o nome do livro. Frases como essas: “O Evangelho é a mensagem da graça e salvação, ele mostrando que Jesus é o único mediador entre Deus e os homens, é o único Senhor, é o único Salvador, é o único Caminho que pode levar a Deus”. “Nós não somos capazes de viver a vida cristã longe do Evangelho”. Contém 76 páginas.

69.               KELLER, Timtoy. Ego Transformado - A humildade que brota do evangelho e traz a verdadeira alegria. São Paulo: Vida Nova, 2014. Neste livro breve e contundente, Keller mostra que a humildade que brota do evangelho torna possível pararmos de vincular cada experiência e cada conversa com a nossa história e com quem somos. E assim podemos ficar libertos da autocondenação. Quem é realmente humilde segundo o evangelho não se odeia, mas também não se ama, é, antes, alguém que se esquece de si mesmo. Você também pode conquistar essa liberdade. Contém 48 páginas.

70.               ORTBERG, John. Quem é este homem? - O impacto imprevisível de Jesus. São Paulo: Vida, 2012. Em Quem é este homem? Ortberg mostra como a influência de Jesus varreu a história, trazendo inspiração às áreas da cultura tais como a arte, ciência, política, medicina e educação. O autor também revela como a visão de Jesus sobre como levarmos uma vida com dignidade, compaixão, perdão e esperança continua a inspirar e a desafiar a humanidade de hoje. Contém 312 páginas.

71.               MCGRATH, Alister. O Deus desconhecido. São Paulo: Loyola, 2001. Você já parou e perguntou o que a vida significa? O que é a vida afinal? Há algum modo de alcançar a realização espiritual? Desde o início dos tempos, as pessoas se fazem essas perguntas. Algumas buscam resposta nas estrelas; outras se inclinam para a religião; há também os que sustentam que toda busca espiritual é inútil. Em O Deus Desconhecido, Alister McGrath explora a razão da busca de sentido e de realização pessoal que move todas as pessoas. O que isso quer dizer? Para onde isso aponta? Em que isso pode ajudar a busca de clareza espiritual? Escrito por um dos maiores autores cristãos da atualidade, este livro tocará o interior de todos os que almejam alcançar a paz interior, a esperança e a realização plena que o cristianismo tem a oferecer. Contém 123 páginas.

72.               HOVESTOL, Tom. A neurose da religião. São Paulo: Hagnos, 2009. Focamos os fariseus como personagens negativos. Ao proceder desse modo, perdemos o benefício prático da intenção de Deus ao nos revelar muito a respeito deles. Neste livro, o autor examina os fariseus. Ao explorar as raízes históricas e bíblicas desse grupo, ele descobre verdades profundas que alertam os cristãos a evitarem esse caminho desastroso. Podemos ser os fariseus de hoje, e muito mais do que gostaríamos de admitir! Contém 254 páginas.

73.               PARANAGUÁ, Glenio Fonseca. Além, muito além do jardim Paraná: Editora Ide, 2014. O autor procura abordar o tema com objetividade, a fim de encontrar o remédio que cure essa chaga cancerosa, a mágoa, uma vez que ela pode nos manter prisioneiros dos sentimentos cruéis de um coração amargurado, às vezes, mesmo que até, aparentemos sadios. Contém 76 páginas.

74.               GRUN, Anselm. Jesus como terapeuta. O poder curador das palavras. Rio de Janeiro: Vozes, 2012Para além de suas ações e seus milagres, encontramos a sabedoria terapêutica de Jesus também em suas palavras, que não são precipuamente moralizadoras, mas palavras que curam. Mesmo quando Jesus não conta parábolas ou histórias, ele se dirige às pessoas de forma que suas palavras abrem nossos olhos para a verdade da nossa vida. Assim, ele procura nos levar a outro nível: a um nível onde as palavras nocivas de outras pessoas não mais nos atingem e onde nós podemos nos sentir como pessoas acolhidas em Deus. Grün escreve este livro para todos que acompanham outros em seu caminho espiritual. Pois esses profissionais também podem aprender com os métodos terapêuticos de Jesus. Contém 208 páginas.

Comentários

Postagens mais visitadas