Deus é a fonte de tudo (Gênesis 1.1)

Esta é uma declaração da revelação a respeito de Deus e sua criação. Esta primeira declaração, traz a mente a questão do seu propósito e função. A revelação de Deus na criação é majestosa e totalmente abrangente. Deus trouxe à existência o cosmo. Deus trouxe à existência todas as coisas. Deus é a fonte de tudo que foi criado. Aqui o verbo criar indica uma criação do nada. 
A criação de Deus está dentro do decreto divino, pois a execução dela começa com a revelação divina. Deus é o criador, Deus é o arquiteto daquilo que chamamos mundo. Não servimos um estranho, servimos e adoramos o Deus criador, o poderoso Deus que faz tudo acontecer, faz pessoas surgirem e toda a criação andar e produzir. 
Interessante refletir no livro Criação de Alister McGrath quando ele trabalha a tese de que crer em Deus é como usar os óculos que nos permitem ver o mundo de uma forma especial. A doutrina da criação é como uma lente focalizando um vasto cenário, ou um mapa que nos ajuda a perceber as características da região que nos circunda. O que exatamente é este mundo onde vivemos? E qual é nosso lugar nele? 
Há perguntas que se formam de modo natural e apropriado enquanto pensamos sobre o sentido da vida, sobre o que precisamos fazer, e se devemos ser discípulos fiéis no mundo. A resposta cristã para essas perguntas é pródiga e profundamente satisfatória, tecendo uma série de ideias a fim de produzir uma tapeçaria fina e ricamente colorida. A criação é uma arte divina para mexer com nosso coração e quando olhamos para Gênesis percebemos a arte de um Deus criador que arquitetou tudo para sua glória. Ele formou os céus, a terra, ele nos formou como seres que refletem sua imagem e sua semelhança para que reconheçamos todos os dias suas obras maravilhosas. Gênesis mostra que fomos criados não para sermos só religiosos, mas humanos, e esses humanos que refletem minimamente o caráter do Eterno Deus. 
Quando visamos Deus em nossa vida, somos humanos e glorificamos ao Deus Eterno dentro de nós, amando e honrando-o. Sejamos humanos olhando para o Eterno e refletiremos algo dele na criação: caráter, bondade, afeição, amor, graça e perdão. Louvemos ao arquiteto divino.


-Oração: Louvado seja teu nome por tão grande criação. Nela vemos as grandezas da tua bondade, cuidado e proteção. Nela vemos a graça para com seres humanos. Deus obrigado pela criação!

Comentários

Postagens mais visitadas