Graciosa providência de Deus

A maravilha da graciosa providência de Deus de tornar uma mulher moabita ancestral de Jesus foi possível pela morte de Jesus no Calvário em favor daquela moabita. As bênçãos do sangue de Cristo fluem para trás e para a frente na história. Na sua paciência, Deus deixou de punir os pecados anteriormente cometidos (Rm 3.25). Noutras palavras, todos os pecados de Rute foram lançados sobre Jesus quando ele morreu. E toda a ira de Deus contra ela foi removida. Deus a considerou justa por causa de Cristo. Cristo foi a base de todo o bem que ela recebeu. E tudo isso engrandece a sua glória (PIPER, John. Doce e amarga providência. São Paulo: Voxlitteris, 2012).

Comentários

Postagens mais visitadas