Cristo que ora por nós

Não podemos separar a oração da nossa vida emocional, isso não é buscar novos métodos, mas, reconstruir aquilo que tem a ver com a imagem de Deus em nós. Não podemos nos esquecer de que antes de orarmos é Cristo que ora por nós. E a oração sacerdotal é um convite de Jesus para orarmos ao Pai e uns pelos outros. A experiência da oração nos leva a experimentar os momentos de comunhão com a Trindade e com nosso próximo. A oração não tem como finalidade ela em si mesma, mas a comunhão de amor e intimidade com Deus e com os outros (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas