Sem a presença de Deus na vida não somos nada


Meditando em Êxodo 33.12-16.
Fico pensando neste diálogo entre Moisés e Deus. Que intimidade, que relacionamento! Que amizade entre dois amigos profundos! Deus ouve atentamente ao seu servo e não o deixa só. Moisés como homem finito tem toda a consciência de que sem a presença, sem a graça e o guiar de Deus na sua vida, não dá para continuar a caminhada. Não dá para dar um passo sequer na jornada até Canaã.
A palavra profunda de Moisés é: Se a presença do Senhor não for comigo não nos faça sair deste lugar. Moisés sabe quem é Deus e o grande significado da presença desse Deus na vida. Sem Deus não dá para guiar o povo até a terra prometida, sem a presença, sem a graça, sem a direção deste Deus da aliança com ele não dá para dar um passo sequer.
Precisamos desta atitude de Moisés nos dias atuais onde o homem se acha dono do seu próprio nariz, se acha o dono da razão e pensa que determinando os seus passos na maneira humana ele está seguro. Pobre ilusão! Pois sem a presença de Deus na vida não somos nada, não atingimos nada, não vencemos nenhum obstáculo. Deus é a razão de todas as ações da nossa vida. Se ele não nos guiar, estamos absolutamente perdidos.
Moisés sabia que se não andasse com Deus, se não achasse graça diante de Deus ele e o povo estariam totalmente perdidos. Conosco é assim também, se a graça de Deus não estiver presente em nossa vida, somos os mais infelizes e inseguros desta terra. Por isso, a nossa palavra tem que ser a mesma de Moisés: Se a presença do Senhor não for comigo não nos faça sair deste lugar.
Que a graça dele caia sobre nós para que experimentemos de maneira preciosa a sua presença em todo o caminhar da vida.

________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas