Enfrentando a procrastinação


-Texto para reflexão: Quem fica esperando que o vento mude e o tempo fique bom nunca plantará, nem colherá nada (Ec 11:4).

Recebi recentemente um precioso texto do brilhante escritor e conferencista, Rick Warren, autor do best-seller “Uma Vida com Propósitos” com mais de 12 milhões de cópias vendidas em diversos idiomas. Nele, o autor aborda uma das atitudes mais danosas ao comportamento do ser humano, no trato consigo mesmo, com os outros e com o meio – a PROCRASTINAÇÃO.
O texto foi elaborado pelo “Maná de Segunda”, que é uma reflexão semanal do CBMC – Conecting Business and Marketplace to Christ, que desde 1930 tem compartilhado valores do Evangelho à comunidade profissional e empresarial.
Diz o texto:
“A maioria de nós já experimentou as oito fases da procrastinação:
Fase 1: “Desta vez, começarei mais cedo.” (Fase esperançosa).
Fase 2: “Eu preciso começar logo.” (Fase de pouca tensão).
Fase 3: “Eu deveria ter começado mais cedo.” (Fase de culpa insidiosa).
Fase 4: “Ainda há tempo para fazer isso.” (Fase de falsa segurança).
Fase 5: “O que há de errado comigo?” (Fase de início do desespero).
Fase 6: “Eu não agüento mais.” (Fase de sofrimento intenso).
Fase 7: “Faça acontecer.” (Fase “livre-se disto”).
Fase 8: “Da próxima vez, começarei mais cedo.” (Fase círculo vicios
A procrastinação pode resultar em danos enormes no trabalho, tanto para nós quanto para outras pessoas. Causa pressões e problemas desnecessários. Desperdiça oportunidades, tempo e dinheiro.
O problema é que procrastinação vicia! Quanto mais sucumbimos a ela, mais difícil é mudar. Deixar as coisas para depois se transforma num modo de vida, acarretando para nós, e com freqüência para outras pessoas, grande sofrimento físico e emocional.
A Bíblia apresenta a seguinte visão sobre a procrastinação: “Se você esperar pelas condições perfeitas, jamais fará nada” (Eclesiastes 11:4 – tradução livre). Qual a solução? Tenho algumas sugestões:
Pare de apresentar desculpas - “Esforços que continuam sendo deixados para amanhã só fazem produzir desculpas inúteis, enquanto esforços exercitados hoje podem trazer preciosos resultados. Não deixe para amanhã o que você pode iniciar ainda hoje”. Carl Marcel
Tome consciência de que o perfeccionismo paralisa a performance. – Muitas vezes o perfeccionismo tem se tornado um obstáculo às suas atitudes e iniciativas.
Tratadas sob o ponto de vista psicológico, as causas da procrastinação variam muito, mas geralmente tendem a fatores como ansiedade, baixa auto-estima e uma mentalidade auto-destrutiva. Pensa-se que procrastinadores têm um nível de consciência abaixo do normal, mais baseado em "sonhos e desejos" de perfeição ou realização, em vez de apreciação realista de suas obrigações e potenciais. Daí, muitas vezes, uma tendência de avaliar negativamente os resultados e a performance de alguém, medo intenso e ansiedade, além de um mau humor recorrente.
Enfrente seus temores – Max Lucado, em seu livro “Derrubando Golias” fala de como esses temores se transformam em gigantes e se estabelecem diante de nós: “Ele disputa a posição ao lado da cama, esperando ser a primeira voz que você ouve. Cobiça seus pensamentos quando você está acordado, aquelas primeiras emoções que nascem no travesseiro. Ele o desperta com palavras de preocupação, incita-o com pensamentos de tensão. Se você tiver medo do dia antes de começar seu dia, tenha certeza: seu gigante ficou ao lado de sua cama”. (pág 151).
Concentre o foco sobre o ganho, e não sobre a dor - “Comece hoje a praticar aquela ação que você está procrastinando, e a energia de que tanto precisa irá surgir. Se você está desmotivado, mesmo assim comece a se movimentar, e em breve você sentirá os reflexos da sua ação”. James Carrigan
Em outras palavras, sempre que tiver algo importante para fazer, não espere: faça-o!
O que você vem adiando, mesmo sabendo que precisa ser feito e não pode mais ser postergado? Algo no trabalho, no lar ou nos seus relacionamentos? Agora é hora de entrar em ação: faça-o já!
Esta oração pode ajudar: “Deus, ajuda-me a fazer o que eu já sei que preciso fazer. Ajuda-me a fazê-lo agora!”
A Bíblia nos oferece duas observações adicionais, úteis quando estamos determinados a vencer o hábito destrutivo da procrastinação: “Não se gabe do dia de amanhã, pois você não sabe o que este ou aquele dia poderá trazer” (Provérbios 27:1). “Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos e alegremo-nos nele” (Salmos 118:24).
Este é o único dia que temos, e pode ser que não o tenhamos por inteiro! Portanto, faça já o que deve ser feito.”
“Em uma segunda-feira, dentro de um elevador lotado, o homem começou a cantarolar uma melodia. Um passageiro, irritado com o bom humor do homem, perguntou rispidamente: “Por que você está tão feliz?”. O ascensorista respondeu alegremente: “Bem, senhor, eu nunca vivi este dia antes”. Quando a atitude é correta, não somente o futuro parece promissor, como também o presente é muito agradável.
A pessoa positiva entende que a jornada é tão desfrutável quanto o destino”. John Maxwell em “Segredos da Capacitação”, Ed Mundo Cristão, pág 62.
Pense, reflita: você tem adiado algo importante?
Não procrastine mais. É tempo de agir.
Na tradução livre, o texto bíblico diz: “Se você esperar pelas condições perfeitas, jamais fará nada” (Ec 11:4).
Creia: “Se você tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida”. (Tiago 1:5)
Que Deus o abençoe rica e abundantemente,
Em Cristo,

_______________
Rev. Hilder C Stutz

Comentários

Postagens mais visitadas