Descansemos na bondosa mão do Pai

-Texto para reflexão: Pois possuíste o meu interior; entreteceste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo terrível e tão maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe, e no teu livro todas estas coisas foram escritas, as quais iam sendo dia-a-dia formadas, quando nem ainda uma delas havia. E quão preciosos são para mim, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grande é a soma deles! Se os contasse, seriam em maior número do que a areia; quando acordo, ainda estou contigo (Salmo 139.13-18).

Sabedoria divina é entender que podemos discernir alguns movimentos da vida com o auxílio da graça de Deus. Salomão afirma em Eclesiastes que não sabemos o que acontecerá conosco (8.7-8). O futuro não pertence a nós. Ele é prerrogativa do dono da nossa existência.
Neste Salmo Davi começa a relatar a grandeza e o poder de Deus na criação. Ele poderia muito bem fazer uma apologia da criação e das obras do Senhor na natureza, no céu, no mar e nas estrelas. Mas, ele retrata a grandeza e o poder de Deus naquilo que é mais sublime, mais extraordinário, o ser humano.
Davi diz que Deus o formou, o criou e o produziu. Diz que Deus o teceu, ou seja, o conheceu, o sondou no ventre da sua mãe. Deus com cuidado observou cada detalhe da formação de Davi no ventre de sua mãe. Ele diz no versículo 14 que louvará ao Senhor porque de um modo terrível e assombroso ele fora formado. Davi diz que as obras de Deus são maravilhosíssimas e a alma dele o sabe muito bem.
No versículo 15 ele diz que os seus ossos não foram encobertos quando no mais profundo do ventre de sua mãe ele foi formado. No versículo 16 ele diz que os olhos de Deus viram à formação inicial do corpo de Davi; diz que no livro de Deus todas estas coisas foram escritas.
No versículo 17, Davi enaltece novamente a grandeza de Deus dizendo que os pensamentos de Deus são preciosos e grandes são as somas deles. Qual a idéia inserida nisto? É que Deus tem tudo em suas mãos porque ele nos criou. Ele sabe o que acontecerá conosco. A nossa vida e todo o nosso tempo estão diante dele.
Como afirma Max Lucado no seu livro a Grande casa de Deus:

“Aceite o conselho de Paulo e "ore sem cessar". Nunca perca de vista a casa de Deus. Quando estiver preocupado com as suas contas, vá até a cozinha de Deus. Quando estiver se sentindo mal por causa de um erro, levante os olhos ao telhado. Quando visitar um novo cliente, sussurre uma oração ao entrar no escritório: "Venha o teu reino para este lugar". Quando achar-se numa reunião tensa, mentalmente, caminhe até a fornalha e ore: "Deixe a paz do céu ser sentida na terra" (LUCADO, Max. A grande casa de Deus. Rio de Janeiro: CPAD, 2004, p. 121).

Que Deus tenha compaixão de nós e nos dê esta sabedoria de nunca perder de vista a casa de Deus!
____________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas